OS PROTESTOS ADIANTAM, SIM!




Tenho escutado, lido muito ate, que as manifestações não estão reescrevendo a historia do Brasil e, portanto é tempo perdido, como também é criação de jovens da classe media que cansado do ócio decidiram provoca vandalismo.Especificamente em se tratando de maranhão é nulo a manifestação l por conseguinte mesmo que tirassem a família Sarney do poder em 2014 o povo recolocaria, enfim, mas uma vez reiteram a ineficácia da movimento.
Farei algumas considerações.
 Primeiro. Essa opiniões reproduz um discurso proveniente ou da classe dominante- no sentido marxista do termo- ou dos alienados por ela. Ora se agir é tempo perdido o que se dirá do ato de fica parado, braço encruzados, acomodados nutridos pelo pensamento idiota que “ovo não briga com pedra” que somente evidencia que a luta é necessária. Se a ação é invalido então, o que dizer da inércia frente aos maltrato sociais, a aceitação sem questionamentos mesmo, às vezes ciente do erro, porem a opção em manter-se calado por medo, por falta de coragem.
Meus caros, se todos pensassem assim, logo não existiria os Mandelas, os Luther king da vida e o segregarismo, a apartheid ainda hoje prevaleceria. “ O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons” já dizia Martin Luther King. Não pensem que na vida tudo é de mãos beijada, tu é fácil, pelo contrario, difícil, requer lutas, brigas,desafios.


SEGUNDO. Acerca da alegação que as cabeças são jovens da classe media vejo como afronta vestida de uma pseuda intelectualidade alienante, diga de passagem a nós enquanto jovens lutando por um sonho. Justo posto, tomando que isso é verdadeiro, os ditos jovens são brasileiros, sem falar no fato que em toda Revolução alguém precisa inicia, o que em nenhum momento desabono nossos ideais. No mais, foi nos servido a determinação para começa muito melhor da alienação, exploração, escravidão político e ideológico que por muito tempo a Burguesia vem servindo.
 Quando o movimento referi " reescrever a Historia do Brasil" porque é um processo, transformação  que envolve não só a política mas também a economia,enfim a sociedade em geral  uma vez que Historia é todo um conjunto dos vários setores e gestores tanto ativos quanto passivos da sociedade, bem como tudo que ocorre nela que de alguma forma não só a influencia , mas a determina. Por conseguinte essa historia esta ocorrendo hoje e nós que temos ido as manifestações somos os protagonistas, claro que temos a ciência que reescrever é um processo como também temos consciência que nosso ato é o estopim.
Por isso, o protesto adianta muito, e isso a própria Historia enquanto disciplina cientifica atesta, comprova a veracidade, sem falar que a Sociologia corrobora tal argumento, ou os protestos por causa do preço do pão em 1789 na França que depois ficou chamada de Revolução de Francesa não adiantou?Qualquer ciência social sabe e Marx já assegurava, mudança social se faz com mobilização social, protesto.
Outro inflama que não há proveito porque existem muitos ignorantes os quais votarão novamente nos políticos ladrão. Você acha que em 1789 não havia ignorância, quem pensasse assim, quem manipulasse assim como a mídia? ...havia, mas foram os ecos daquele protesto que principiou os teus direito seguros hoje, assinados depois da segunda guerra mundial sob o corpo de Direitos humanos, que chegou a democracia que temos atualmente.
Não pense que não adianta porque adianta, porque anuncia uma nova era, uma nova historia, anuncia que somos conscientes pode ate não serem todos, pode ate voltar como sugeri os argumentos contrários, nas próximas eleições para as mãos dos Sarneys, mas a semente será plantada. Toda mudança requer luta e a historia é testemunha que sempre foram os jovens que fizeram essas lutas os quais proporcionaram nossos tão respeitados direitos, e isso é preço de sangue, porrada.
Portanto,é a historia ocorrendo, ressalto Marx “só ha mudança social se houver mobilização das massas para fazer a Revolução". É só pergunta pra historia se isso não é verdade, é só ver a revolta da praça da paz celestial, a revolução pela independência da Índia comandada por Gandhi enfim, poderia cita tantas outras. No mais os protestos adiantam sim. Se mesmo como os profetas antes manifestantes acertarem as previsões, ainda assim, para mim as manifestações valeram muito porque dormirei em paz de consciência pura... Neste sentido são bem vindas às palavras de Martim Luther king:  “É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.É melhor tentar, ainda que em vão que sentar-se, fazendo nada até o final.Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias frios em casa me esconder.Prefiro ser feliz embora louco, que em conformidade viver”.







O Brasil estar acordando!



O Brasil esta acordando, as manifestações que vem ocorrendo evidenciam isso, e é louvável ver a conscientização brotar como água nascente, olhos sendo aberto da cegueira da ignorância, sobretudo, a cegueira proporcionada pela mídia que escraviza, cria marionetes com a sua perspicácia de dita opiniões, condiciona pensamento. Pensamentos esses frutos de seus interesses os quais são escusos e vão ao encontro dos grandes empresários, interesses esses que de longe não contempla os mais humildes, as necessidades dos chamados pobres, dos movimentos sociais.

Como é bom ver nossos jovens, afirmarem por atos que estão acordando do sono da ignorância, que estão vivos. Vivos para não mais se dobrarem aos desmandos da mídia que forma alienados através da ideologia, e já asseverou - Marilena Chauí no seu livro “Café com Filosofia”- A ideologia trabalha com a inversão, silencio e a criação do imaginário cuja finalidade é gera bestaloides. Convenhamos, a Rede Globo faz isso perfeitamente.





Não se enganem meus caros, a mídia sempre fez o papel sujo de alienar, sempre e isso não é de hoje George Orwell já analisou esse fato no livro “1984” com também vc pode ver isso na” Revolução dos bichos” . Qual o propósito é simples. Sócrates disse que as palavras são o fio de ouro do pensamento, assim dominando as palavras domina-se o pensamento, logo, domina aquilo que a pessoa pensa, acha crer e o mais covarde a pessoa pensa que tem aquele pensamento por si próprio.

Meus caros, isso não é historia para boi dormir é realidade pura. Aquilo que Marx Refletiu na sua famosa teoria chamado de Materialismo Histórico Dialético é verdadeiro, a dominação existe. Faz-se necessário estudarmos mais, pesquisa mais para que desta maneira, de uma vez por todas não mais sejamos marionetes.

Futebol, novela, etc. são sim meios para aliena, segundo Marx ate a Religião por ter um discurso de acomodamento. Veja que no final da Copa das Confederações ocorrera em Brasília à votação da PEC 37. Você pode argumenta isso é uma coincidência, lhes respondo só se você acredita em conto de fadas. Meus caros esse jogo não é novo, pelo contrario é velho. No final do Império Romano sec. v era chamado de “pão e circo”. Tratando em miúdos, o governo para não deixar que a população tomasse conhecimento, percebesse os problemas que estavam ocorrendo no setor político e econômico recorreram a construção do coliseu e no dito cujo davam de graça entretenimento e alimentação a população que entretida esquecia dos problemas políticos e assim não cobravam.
Não vos convido a rua como alguns tão fazendo, antes levo o conselho de Marx, passem pelo práxis, ou seja, pelo processo de desalienação e uma vez livres façam resistência social, andem de olhos abertos e por favor não mais se curvem a tirania dos poderosos.


Portanto, através da práxis tomemos nas mãos a nossa própria realidade e a transformemos segundo nossa consciência e não segundo a terceiros cujas pretensões é fazer a manutenção do po
der, ou seja, quem é rico continua rico e pobre con

tinua pobre, é fazer as coisas permanecerem do jeito que são. E nem me venham com o argumento da Burguesia que no Brasil a pobreza esta acabando, pois Rousseau já no seu livro “desigualdade social” comprovou e é sabido por todos os intelectuais, porquanto pela própria presidenta Dilma que a pobreza só acabará se a propriedade privada acabar haja vista que segundo, Rousseau a propriedade privada é a origem das desigualdades sociais.