Quem somos as ações denunciam!






Nunca leia o homem pelas palavras que saem de sua boca,
Se almejar conhecê-lo.


Antes, leia suas ações, procure interpretar seus atos.


O mistério de quem o seja de fato será descortinado como num palco de um teatro diante do que ele faz, do que ele prática, ou como reagi diante do inesperado, frente aos detalhes do dia a dia.


Diante das ações e atos o mistério será desvendado, a procura terminada,


Porque não há mascara que consegue persistir,
Porque não tem fingimento que aguente,
Porque não há mentira que consiga permanecer,


Diante do que de fato ele é denunciado pelo resultado de suas atitudes a farsa rui, dissolve-se, sai correndo.


Assim como as arvores são identificadas pelos frutos nossos atos denunciam quem somos.


Ora, são os nossos atos e não as palavras que saem de nossa boca que revela o ser humano... Que revela quem somos.

Por Adailson Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário